segunda-feira, 16 de maio de 2011

A LIDERANÇA E SUA IMPLICAÇÃO COM O PODER


















A Luta pelo poder leva muitos homens ao desatino da incoerência, já que na prática assumem posturas que os desqualifica de imediato a serem candidatos a esse poder. Pois traçam objetivos puramente pessoais, não tendo qualquer preocupação com a coletividade que pretendem liderar. E essa liderança quando ocorre, assume a expressão máxima da ignorância sobre os caminhos reais do progresso e da evolução de um modo geral.


O mais característico, nesses momentos, é a preocupação em destruir valores, muitos dos quais construídos com fé e amor através dos tempos. Muitos que lutam pelo poder não têm a mínima sensibilidade de edificarem valores pessoais pelo próprio mérito , e se esforçam apenas em destruir o que seus concorrentes construíram de elevado. Para eles isso é mais fácil. Já que não possuem condições de construir , anulam o que lhes pode ofuscar.


Isso não se trata apenas de inveja como vocês podem pensar. Mas também de um exacerbado culto ao ego, tendo em vista que atitudes como essas são inconseqüentes o bastante para , levianamente , arruinar inúmeros homens de bem.


Assim estejam atentos a esses profetas do poder e da liderança que não medem esforços para atingirem seus objetivos. Não os acompanhem , e nem compartilhem de suas insanidades. Pois eles são na verdade os profetas do obscuro. Deixando-se levar por um ego marcado pela cegueira da perturbação.


A busca pelo poder torna-se prioridade de muitos que almejam vencer na vida. O sucesso material e o êxito social maquiado não se configuram como suficientes , tendo em vista que não caracterizam necessariamente a circunstância da dominação. A caminhada da subida passou, então , a ser no direcionamento de pedestais, onde o orgulho , a vaidade e a arrogância tomam conta dos pretensos bem-sucedidos.


Essa batalha, por domínio e superioridade , leva os homens a extremos. Familiares se digladiam , traições ocorrem e a corrupção impera. A sexualidade supera qualquer atributo moral. Leviandades são exercidas como atos normais de uma competição sadia. Grandes opositores de autoritarismo se tornam pequenos ditadores , em suas casas os nos ambientes de trabalho. Cometem injustiças e humilham. As amizades são meros jogos de interesse , dissolvendo-se com a mesma intensidade com que se constituem. Falsos parceiros se iludem e comercializam a própria honra. , renegando-a a atitudes desprezíveis que os enchem de vergonha quando descobertos. E a destruição dos opositores é vista como a solução daqueles que desejam sobreviver.


Toda essa degradação ocorre por um período efêmero de poder. Um poder fictício. Um poder que não é capaz de conviver com a lealdade ou contar com apoio sincero nos momentos difíceis. Ele leva à solidão. Não consegue vencer doenças ou impedir a morte física que um dia virá de modo irreversível. Um poder que é tão instável quanto a moral daqueles que o detêm. Um poder que, na realidade, inexiste.


O verdadeiro poder não está nas mãos dos homens. O poder legítimo é aquele que decore da capacidade do homem entender o que a Fonte Maior espera dele. É o poder que deriva exclusivamente da Fonte Cósmica , que nos empresta à medida que usamos nossa inteligência no crescimento espiritual. Ele está em nível da nossa evolução moral e consegue superar grandes obstáculos na vida , inclusive a morte do corpo. Ele sobrevive infinitamente em nossa essência sob a forma de energia contínua. Ele é sábio e regido pelas normas do amor e da compaixão. Ele não oprime , mas liberta. Ele não destrói , mas edifica. Ele não separa , mas concilia.


Então avaliem seus objetivos na vida. Decidam entre o poder dos homens e o poder da Fonte Cósmica, pois não há meio termo. Mas , lembrem-se , de que um deles e você sabe qual é , te conduzirá à gloria de uma eternidade.


“NÃO SE RECONHECE O REAL VALOR DO QUE EXISTE ENQUANTO AS APARÊNCIAS NÃO FOREM TRANSCENDIDAS”.


“AO REINO CÓSMICO NÃO SE CHEGA PELA FORÇA NEM PELO EMPENHO ALIMENTADO POR ORGULHO E VAIDADE”.


“HÁ QUEM SE SINTA DONO DO QUE PERTENCE A TODOS”.




Observação : as imagens acima deste artigo se referem as Ilhas Socotra que consistem em quatro ilhas que se situam em frente ao Golfo de Aden ou do chamado Chifre da África. Estando no Oceano Índico são ilhas que multidimensionalmente estão ligadas às energias de Vontade-Poder que existem no planeta Terra.

3 comentários:

  1. Maoris,

    As belíssimas árvores das referidas ilhas em seu artigo provam, sem que para isso o queiram impor, que a Vida é a manifestação consciente do poder divino. E não é que as árvores se parecem com "pessoas"? Na medida em que lia seu artigo eu já não sabia mais se o que lia eram as figuras das árvores ou a consciência de suas palavras. Adorei!!

    Abraços, obrigada.
    Madalena

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Segue o meu blog, que te sigo tmb.

    http://www.lendadalua.com.br
    Lenda da Lua - Gurudeva Mere Yogananda Ki Jaya

    Namaste,
    Lenda da Lua

    ResponderExcluir
  3. Ok , Eu - Gurudeva Mere Yogananda Ki Jaya

    Já entrei e estou seguindo seu blog :

    www.lendadalua.com.br

    Abraços e Namastê.

    ResponderExcluir